Blog da G Florees

[CONTOS]

Posted on: maio 5, 2010


Olá meninas, vocês já sabem, o blog tá cheio de novas colaboradoras e uma delas é a Monique, ela vai tá por aqui escrevendo contos, sobre a vida de uma menina Ana, que passa por situações parecidas com a que a gente já viveu, ou ainda vive. Espero que vocês gostem do 1º ‘capítulo’ dessa websérie de contos🙂

Ana e o admirador secreto

A aula de matemática estava entediante como sempre.O professor Marcos
tem o dom de levar seus alunos, principalmente do terceiro ano, ao sono profundo já no primeiro exemplo de Sistemas.
A única que não esta babando na carteira sou eu, Ana. Mas, muito menos, eu estava prestando atenção naquele sonifero. Eu estava era quase quebrando o meu celular, de tanto apertá-lo. Parecia que eu estava com medo de que ele saisse correndo das minhas mãos suadas. Sim, eu tenho meus motivos. É que está quase na hora… Preciso acordar a Stela, não aguento a agonia sozinha. [A Stela é minha amiga desde quando entramos nesse colégio, ha dois anos, e é da turma que dorme na aula de matemática]
– Tchela, acorda! – eu cutuquei-a.
Stela ergueu rapidamente a cabeça, se espreguiçou e virou-se para trás.
– E aí, já chegou?
– Ainda não. – respondi, um pouco aflita.
O que acontece é que eu venho recebendo mensagens anonimas em meu celular. Não de ameaça, mas mensagens fofas, carinhosas. No começo, até achei que era uma brincadeira infantil de alguém da minha sala, mas acho que ninguém gastaria tantos créditos comigo. E mesmo assim, troquei o número do meu celular a pouco tempo, só a Stela e o Paulo que o tem. Ah, sim, o Paulo. Paulo é meio que meu ficante. Tá, eu gosto dele e espero que a gente dê certo, por isso mesmo, fui bem sincera com ele e contei tudo o que estava acontecendo.
Eu disse que na mensagem anterior, meu ‘admirador secreto’ dizia: “Chega de ausencias. Sou sincero quando digo que não posso mais me esconder. Amanhã, nesse mesmo horário, mandarei uma mensagem dizendo como pode me encontrar. Com todo meu amor e estrelas do céu.”
– Isso já não foi longe demais? – eu perguntei, esperando pela opinião dele.
– Ah, sei lá… – droga, ele sabia que isso me deixava nervosa. – Mas você respondeu alguma dessas mensagens? – ele perguntou, despreocupado o bastante pra me deixar preocupada.
– Respondi… Perguntei quem era, mas ele não respondeu.
– Bom, o que eu tenho a te dizer é: vá ver quem é. Você tá se mordendo de curiosidade, então não há nada a fazer. Só tome cuidado. – Paulo se levantou da cama, beijou minha testa e agarrou sua mochila.
– Tô indo jogar bola. – e saiu.
Claro que eu fiquei muito revoltada. Tá certo, eu estava curiosa, mas bem que ele podia demonstrar um pouco de ciúmes nesse momento e dizer que não era pra eu ir e, talvez, sei lá, me amarrar no pé da cama e ir enfrentar quem quer que seja que está dando em cima da sua namorada. Tá, ficante. Tá certo que poderia ser algum maníaco, também. Mas isso logo desapareceu dos meus preceitos. A mensagem de hoje disse o seguinte: “No final do jogo, na comemoração, te esperarei no meio da quadra.” A maioria dos alunos estaria na quadra e ninguém seria louco de tentar algo assustador.
– Eu já ia ter que assistir ao jogo mesmo. – eu disse a Stela. – O time do Paulo vai disputar a final.
– Hum, qual será o motivo mais importante? – perguntou ela, zombando.
O tempo parecia não passar e a minha curiosidade crescia a cada segundo. Eu também estava chateada com a frieza do Paulo. Eu não terminaria com ele por causa dessas mensagens, mas ele podia se preocupar um pouco mais. E eu, preciso saber quem é o misterioso dono das mensagens.
Enfim, o segundo tempo do jogo começou e o time do Paulo estava perdendo de um a zero. Parece até que eu dei sorte porque, quando eu comecei a prestar mais atenção no jogo, um garoto chamado Digo fez um gol, empatando.
A partir daí, o tempo passou. O Paulo sofreu uma falta horrível no finalzinho do jogo. Digo se posicionou pra cobrar e a bola pareceu um imã indo direto para o Paulo cabecear e fazer o gol da virada. Ganhamos!
Desci correndo as arquibancadas, mas não achei meu ‘namoradinho’ em lugar nenhum. Também, a escola inteira, praticamente, estava na quadra. Eu não conseguiria achar ninguém.
– Ana.
Ge-lei. Por um segundo, eu esqueci do tal admirador. Respirei fundo. Não estava tão preparada para quem eu ia ver. Me virei beeem devagar…
– Paulo!
Ele sorriu. E o sorriso que rondou seus olhos azuis não precisou me dizer mais nada.
– Me desculpe. – disse ele, sorrindo.
– Ah, até que foi engraçado. – eu respondi, me aproximando.
– É, foi mesmo engraçado, ver você nervosa durante a semana. – disse ele, também se aproximando o bastante para sussurrar em meus ouvidos. – Aquele gol foi pra você.
Eu estava arrepiada. Só consegui sorrir.
– Então… mandaram eu te perguntar se você quer namorar com o seu admirador secreto mais conhecido do mundo. – pediu ele, ainda sussurrando.
Não respondi. Apenas o abracei e o beijei.
– Eu… Eu ainda tenho muito o que saber sobre esse meu admirados. Vamos dar uma volta e você pode me contar tudo, né?!
E de mãos dadas, saímos do meio da confusão que estava aquela quadra.


É super importante que vocês digam o que acharam dessa nova Tag e dos contos da Mô, essa ainda é uma tag experimental, então tem tudooo a ver com a opinião de vocês, comentem!!😀

*Beijos
G Florees

♥ Para sugerir outros temas de postagem, vá até a Comunidade do Borboletas no orkut!!🙂

14 Respostas to "[CONTOS]"

Achei mega fofo , adoro contos!!Beijos

Aah que fofo! Eu gosto de contos, e acho que é uma idéia original para um blog…Os próximos contos vão ser continuação da história da Ana, ou cada conto é independente entre si?Beijão

rsrsrs…Parece akelas histórias q passava na Marcia Goldsmith que sempre assistia =D .Mas eu curti sim…Pode ter sempre q eu ficarei d olhinhos abertos para ler esses contos!!!Mô por mim está aprovado…Bjinhus

OIIEeee..obrigada por me visitar, volte sempre….adorei seu blog…bem diversificado,,,,e tb acho legal essas histórias, tem um blog q eu acompanho cada capítulo…bjsssmdemulhermoca.blogspot.com

Achei meio bobinho, mas eu tb já tenho 23 anos na cara rsrs acho q para as meninas mais novinhas é super válido rsrs

Gostei, mas tambem achei meio bobinho, tipo, podia acabar no suspense de ngm saber quem era, e no próximo capitulo a gnt saber, assim ia dar o gostinho de quero mais.Beijos

Ahahaha, adorei a história Flor. Adorei seu blog. já tô te seguindo.Beijinhos.

Nossa, ta muito legal.Podiam fazer contos mais vezes, com histórias diferentes, seria bem interessante!

Oi!!!Tinha que ser pobre a da matemática!!! Você adora pegar ela pra cristo, por que? Ela é tão legal, eu particularmente a adoro. Rsrsrs.Muito fofo o conto. Adolescente as vezes é cego, não vê o que está bem na sua frente, o Paulo nem ai para as mensagens, segundo ela, ele era o único garoto que tinha o número do celular, e ela ainda fica revoltada com o descaso dele para com as mensagens. Adoro ver e ler essas coisa. Isso me faz achar que eu nunca fui uma adolescente (de mentalidade), porque eu não me lembro de agir dessa forma (essa depois você me responde Mô). Adorei o conto. Parabéns Mô!!!Bacio, amica!!!

Aiii adorei *.*Tá de parabéns Mô=*

Bem escrito, atual… gostei, me senti nervosa tbm, com a minha xará! rsrsContinue Mô!BJoo

Adorei o conto, bem divertido, a cara do blog =D

Ahh Môhh… ameii o conto.. é bem a cara de adolescente… não ver o que exatamente está na sua frente… vai ter continuação desse conto??? eu querooo ver o final da história da Ana e do Paulo.. =Dmee mandaa recadinho no orkut quando vc tiver mais postagens… =DBeijokas… Te Amoo.. ;DMaísa (Sister)…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Quem faz:


Indecisa, consumista e inconstante.
Contato: g.florees@hotmail.com

Twittadas

Siga esse Blog

var skin = {}; skin['FONT_FAMILY'] = 'tahoma,sans-serif'; skin['BORDER_COLOR'] = '#cccccc'; skin['ENDCAP_BG_COLOR'] = '#e0ecff'; skin['ENDCAP_TEXT_COLOR'] = '#333333'; skin['ENDCAP_LINK_COLOR'] = '#0000cc'; skin['ALTERNATE_BG_COLOR'] = '#ffffff'; skin['CONTENT_BG_COLOR'] = '#ffffff'; skin['CONTENT_LINK_COLOR'] = '#0000cc'; skin['CONTENT_TEXT_COLOR'] = '#333333'; skin['CONTENT_SECONDARY_LINK_COLOR'] = '#7777cc'; skin['CONTENT_SECONDARY_TEXT_COLOR'] = '#666666'; skin['CONTENT_HEADLINE_COLOR'] = '#333333'; skin['NUMBER_ROWS'] = '4'; google.friendconnect.container.setParentUrl('/' /* location of rpc_relay.html and canvas.html */); google.friendconnect.container.renderMembersGadget( { id: 'div-4149908716397796279', site: '02325511842450532259' }, skin); /script>

Postagens

maio 2010
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
%d blogueiros gostam disto: